Saite da Vida

Saite da Vida

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Eu apoio a Venina

Venina  Veloso da Fonseca ex gerente da Petrobrás convida os funcionários  e brasileiros para aderirem a ela na questão das denúncias da PETROBRÁS.
Eu admiro a Venina. Espero que as mulheres do Brasil lhe sejam solidárias. Ela além de ser mulher ainda delata os poderosos. A Dilma também é mulher. E essa corda podre arrebentou nas mãos dela por ser mais fraca que os homens que a antecederam. O Santo Inácio Lula quer ser poupado a todo custo. Embora Dilma seja mulher e eu sou solidárias às mulheres, nesse caso fico com a Venina. A Dilma tem errado bastante, quando diz que a “Graça Foster  Fica” está cometendo erro gravíssimo. Pois se tem dúvida, deveria ser afastada do cargo, e não permitir que ela fique. A própria Graça poderia ser menos cara de pau e dispor o cargo para outa diretoria.
Quando Velina vai até o gabinete do diretor Paulo Roberto Costa e este apontou para o quadro do Santo Inácio Lula na parede que ele seria derrubado caso as denúncias viesses a público parece que andou incomodando muito jornalista e blogueiros que apoiam o governo.
As críticas ao choro de Venina são dissipadas feito brumas pela visão machista. Pois se até um homem pode chorar ao se ver longe da família porque uma mulher que se vê exilada de seu país, filhos, marido e mãe não pode chorar no mínimo pela saudade, sem contar o que perdeu de tal convivência?

A Graça Fica


Gérson Camarotte o jornalista do "A Pauta é a Petrobrás" da Globo News, nesta segunda feira tomou café com a Presidenta Dilma. Aliás ela não bebeu café nem comeu brioches. Ficou só na água de coco por estar de regime. Camarote quis saber o que ela pensava sobre a continuidade de Graça Foster continuar na estatal.  Comentou que a Graça chegou a lhe dizer que abriria mão da presidência caso essa exposição impusesse mal estar à empresa e ao governo. A Dilma disse para a Graça que sob o ponto de vista dela não achava necessária, pois confia na presidente da estatal e confia e não vê irregularidade na atual diretoria. Mas reconhece que a situação da Graça não é fácil. Acha a situação da Graça difícil no contexto da credibilidade para manter a empresa no momento. Então quando diz "A Graça Fica"mas avisando que vai mudar o conceito de administração da Petrobrás. Ela blinda a Graça nesse momento, talvez para que a empresa não se desmantele devido  as declarações de Velina que ocorreu no Fantástico da rede Globo nesse último domingo dia 22 de dezembro. Velina comentou com a Graça Foster quando ela ainda não era presidente da estatal sobre os desvios de corrupção. Mas ele percebeu nos bastidores do Palácio do Planalto que ao mesmo tempo que Dilma tenta blindar Graça, percebe que a Graça fica até o momento em que for viável para o cargo. Embora a Presidente Dilma vá blindá-la por denúncias de corrupção  Camarote percebe que está em aberto a permanência da presidente da Petrobrás. A Presidente não quer obedecer um calendário do mercado, da mídia ou da imprensa; a Presidente disse que também acha um absurdo o volume de dinheiro desviado por alguns funcionários da Petrobrás. 

Um Casal Romântico à Moda Antiga












Minha filha acaba de chegar da balada e comenta que se eu não estou tendo enjoos e dor de cabeça, podemos viajar para Minas hoje mesmo (agora são 2:30 h). Digo que estou em pé exatamente por conta do mal estar. Ela diz: Ah! meio decepcionada. Fazer o que né!
Connie cozinha um macarrão e come ao som do vídeo que seu pai faz uma homenagem de Feliz Natal para seus clientes e eleitorado. Comenta que faz quatro meses vem sonhando que seu pai vai morrer e diz: Não sei o que será de minha vida se eu perdê-lo e a você também. Percebo que este é seu maior terror. E eu me preocupo, o que será desta menina (34 anos). Quando passei por dificuldades no matrimônio em 1992 sonhava diariamente com ela. Só que ela era uma menina entre 4 e sete anos. Nos sonhos ela abraçava a minha perna, o meu corpo, como se sentisse medo. Mas eu percebia que o medo era meu e eu era ela. Havia uma simbiose de sentimentos e percebo que esta simbiose ainda existe, nossos sentimentos são de insegurança. Medo de morrer eu não tenho. Tenho medo de ficar órfã de novo. Acho que já mencionei essa episódio da minha infância aqui.
Essa imagem foi o Rômulo Coutinho quem a desenhou na Expoflora de 2014. Cheguei nele primeiramente. Pedi-lhe que me desenhasse, e comentei com ele que meu marido estava na galeria de saída, e assim que saísse ele o desenharia a meu lado. E que havia me preparado para este momento em casa. Que hoje ele nos desenharia juntos. E eu sempre  me produzo num estilo romântico sempre que compareço a esta festa esperando o momento do desenho com o Bruno. Às vezes pode acontecer de outro desenhista fazer o trabalho. Mas o Bruno tem a sensibilidade de captar o que o cliente deseja. Ela lê o nosso coração. Ele nos desenhou tirando nossas imperfeições, nos deixando jovens e bonitos. E nos fez um lindo casal romântico  

Muita Esperança


Foi o que desejei para todos da sala de quimioterapia. Nesse momento acordo com dor de cabeça. Tomo dois Cefalives para que a dor passe e eu possa continuar dormindo. Enquanto isso ficar sentada e escrevendo ajuda a passar ou esquecer a dor. Os remédios que tomei hoje podem provocar dor. O CEFALIVE provoca náuseas, então bebi um Leite de Arroz chamado Biov, da Jasmine junto com uma barrinha de cereais.
Também estou com contrações nas costas, ou seja, leve compressão de Medula Óssea.
Minha filha acaba de chegar da balada e comenta que se eu não estou tendo enjoos e dor de cabeça, podemos viajar para Minas hoje mesmo. Digo que estou em pé exatamente por conta do mal estar. Ela diz: Ah! meio decepcionada. Fazer o que né!
Connie cozinha um macarrão e come ao som do vídeo que seu pai faz uma homenagem de Feliz Natal para seus clientes e eleitorado. Comenta que faz quatro meses vem sonhando que seu pai vai morrer e diz: Não sei o que será de minha vida se eu perdê-lo e a você também. Percebo que este é seu maior terror. E eu me preocupo, o que será desta menina (34 anos). Quando passei por dificuldades no matrimônio em 1992 sonhava diariamente com ela. Só que ela era uma menina entre 4 e sete anos. Nos sonhos ela abraçava a minha perna, o meu corpo, como se sentisse medo. Mas eu percebia que o medo era meu e eu era ela. Havia uma simbiose de sentimentos e percebo que esta simbiose ainda existe, nossos sentimentos são de insegurança. Medo de morrer eu não tenho. Tenho medo de ficar orfã de novo. Acho que já mencionei essa episódio da minha infância aqui.


Na Sala de Quimioterapia 14:17 terça feira


Estou aguardando os enfermeiros trazerem os medicamentos de químio aqui no ambulatório MERECA (Medicina Regional de Campinas). Tento adicionar uma foto mas não está sendo possível. Luke Filho me trouxe para a quimio mas não teve a devida paciência para ficar comigo. Ele atrasou a viagem com a namorada por conta do meu tratamento. Assisto Vídeo Show  e vejo Otaviano Costa apresentando pr programa animado como sempre. Enfermeiros entram e saem da sala, e conversam ao telefone. Percebo que estão em rítmo de véspera de feriado
Abraçam se despedindo, saindo de férias nos desejando Feliz  Natal. É troca de expediente. Restam agora dois novos enfermeiros.  Um deles me cumprimenta. Mede minha pressão e temperatura
É um rapaz. Uma moça, a de quase sempre me oferece água. Eu aceito. Um senhor gordinho aceitou capuchino e come a bolacha oferecido por ela. Mesinhas de Rodinha entram e saem da sala,  com bandejinhas de inox. O uniforme verde água, com  aventais de pano e papel sobrepõem à roupa de trabalho. Escrevo  com  o olhar de uma estilista facilitando o trabalho do cineasta que fará o filme do meu blog. Rsrsrs. É verdade, até conversei com um jornalista blogueiro espiritualista pedindo-lhe que me ajudasse na escrita do meu livro, mas ele acha que é uma tarefa difícil. Uma hora eu consigo escrever o livro.
Uma psicóloga muito simpática conversa com uma recém chegada paciente que porta câncer de mama. Está tristinha. É um baque entrar em contato com tal diagnóstico. Um enfermeiro já conversou com ela colocando-a à parte de todos os procedimentos, medicamento que tomará, as reações que poderão ocorrer , telefones e hospitais que poderá procurar em casos de necessidade. Sua filha acompanha tudo silenciosamente. Tento mostrar o meu blog a ela antes de ser atendida pelo enfermeiro e psicóloga. Acho que já iniciará a  sessão de químio hoje. As mulheres que fazem o tratamento de mama, sofrem mais que a maioria dos pacientes com mal estares e efeitos colaterais.

Logo mais paro de escrever porque as minhas injeções já estão sendo preparadas.
..........................................................................
Mesmo com a mão esquerda tento escrever. Não é tão simples. Já está quase no fim o medicamento que tomo todo mês o Zometa (ácido zoledrônico). 
Zometa é líder mundial no tratamento para reduzir ou retardar complicações ósseas em pacientes com câncer avançado que se espalhou para os ossos em uma ampla variedade de tumores sólidos, incluindo câncer de mama. Mesmo pessoas que têm osteoporose fazem uso deste medicamento por ser mineralizante. Em todo caso restringe o número de fraturas ósseas. Deus me livre delas!

domingo, 21 de dezembro de 2014

O Poeta é um Curador de Almas


As poesias são poções sintetizadas da dor, alegria, fé e amor. O poeta reúne em frascos, as histórias contadas nos jornais, nas revistas, nos canais de TV e no microcosmo humano. A matéria prima da poesia são todos os sentimentos de paz, amor e turbulência que se passa na natureza humana. Cada alma é um universo, um planeta em que ocorrem as eclipses, os cataclismas, as  explosões estelares, pois cada um de nós é uma estrela que nasceu com a função de brilhar. Ora estamos um planetinha obscuro nessa miríade de estrelas, ora uma Ursa Maior.
O poeta é um ungido por Deus para captar a inteligência divina por frações de segundos para nos contar em versículos o pensamento divino.
Os poetas me ensinam com suas poesias que o pensamento divino nos chega como frestas de luz, com fachos de pensamento rápidos e curtos. Se nossa memória é falha, temos o lápis e papel para registrá-lo em uma caderneta , ou então o teclado e o word, os blogs ou faces books. A escolha da mídia é pessoal. O poeta é uma ponte entre o divino e o humano.
Sem os poetas eu seria uma pessoa mais triste. Eles são médicos da alma humana e estão espalhados por cada cantinho da terra ministrando suas poções milagrosas libertando o ser humano de suas dores. São médicos enviados por Deus e já convivem conosco no livro mais antigo da humanidade, a bíblia. Eles nos tiram da cama e dissipam as nossas dores de cabeça. 
Como eu preciso desse santo remédio, a Poesia!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Eu acabei de morrer, para onde vou?

Foto que tirei na Expo Flora de 2014
Nesse momento meu marido pediu um texto de pesar para escrever no Face Book em homenagem a colega político que morreu hoje de câncer. Este amigo trabalhava nas secretarias da cultura dos governos locais e já trabalhou no Estado também. Não o conheci, mas tudo indicava ser uma pessoa feliz que aproveitou este aspecto da vida. Mas podia ter um lado sofrido também, e a vida lhe exigiu usar uma máscara em muitas situações. Ele era gay e vivia com um companheiro. Ser gay nesse mundo preconceituoso deve ser muito sofrido. Mas acho que ele chorou, cantou, dançou e viveu intensamente.
Sempre visitei cemitérios quando morre alguém. E a vida inteira me coçava de vontade de tirar fotografias do velório, não do morto que na verdade nunca gostei de chegar perto. Mas recentemente em Condado houve uma morte de muita repercussão nacional, com honrarias para o morto que morreu como herói nacional. E como repórter e jornalista por instinto, fiz uma matéria, editei um filme de moção de aplauso para Da Vinci passar na Câmara e tirei muitas fotos. Era mês de novembro pouco depois do feriado de finados, e o cemitério virou um cenário maravilhoso. Tirei  fotos bonitas do local em um dia fúnebre. Ficaram lindas e felizes. Separei algumas para a postagem.




A última foto está mais tradicional e conservadora. Acho-a mais triste e esta não me agrada muito. Parece que os mortos estão mortos mesmos se revirando debaixo dos túmulos entre vermes e sussurros de desespero. Mas as primeiras me parecem canteiros de arte, me remetem ao paraíso. Nesta outras eu os vejo chegando ao céu, sendo recepcionados por Jesus, pelos familiares e amigos que o anteciparam nesta jornada para o céu. Este céu chamo-o de umbral. Você pode ser recepcionado em um hospital por espíritos que ainda estão em evolução, praticando a caridade através da arte da medicina e enfermagem.

Nesse caso, um rapaz morreu atropelado e chegou com dores fortes e muito machucado. Uma ex enfermeira desencarnada de uma cidade do Triângulo Mineiro aplica-lhe passes. Suas dores são minimizadas. Ele ainda não sabe que saiu do plano terreno onde cumpria uma função. Seus pais, da enfermeira, são estudiosos da doutrina espírita e em espíritos recebem a permissão de visitar o filha. Esta visita acontece dois anos depois de sua morte. Poderia ter ocorrido antes, mas apenas nesta ocasião estavam em condições, as duas partes de receber a visita. O socorrido ainda encontra-se em coma, mas os percebe meio sonambulado. O médico foi grande político na cidade no início do século XX até 1973. Não era espírita mas muito querido pela população. Construiu grande parte da rodovias do município. Antigamente os médicos eram cuidadores de família, mais parecendo sacerdotes. Ele foi amigo e médico de meus avós que eram fazendeiros. Eu o conheci em criança e lembro-me de quando minha avó levou minha irmã para consultar com ele. "Ela tinha lombrigas" disse ele. Sentia dores que poderiam ser início da inflamação do apêndice, tendo sido operada anos depois.
A enfermeira morreu com câncer na cabeça dentro de dois anos da doença.
Os quatro do desenho trabalham em uma casa espírita da cidade da cidade mineira do Triângulo.. Estão na foto (desenho) a enfermeira, e o médico que foi um dos fundadores da casa no plano espiritual e os pais da enfermeira que são vivos aqui no plano terreno. Os pais dela ainda não morreram, ou seja não mudaram de plano. Este acontecimento se deu em mensagem mediúnica. Um frequentador da casa que é vidente pode acompanhar o evento e o desenhou para ilustrar o trabalho que realizam. Este hospital paira sobre a cidade de mineira na Colônia de Aprimorada, esfera espiritual. 
Colônias são cidades espirituais que recebem espíritos desencarnados. Cada uma tem uma especificidade. Algumas são especializadas em suicidas, toxicômanos, nas artes, nas ciências em geral. Este hospital é um pronto socorro espiritual. As cidades ficam localizadas em esferas enérgicas do planeta Terra; esta o rapaz disse que ficava a 3000 km acima da Terra,no Triângulo rumo à cidade dos personagens. 

Nesta sessão espírita estão presentes todos os personagens citados. O médico de óculos, cuidando de uma pessoa cliente da casa, a enfermeira desencarnada à direita, o médium que descreveu a cena hospitalar à esquerda, sentado à mesa. O barbudo é um Capuchinho italiano que no início do século passado foi designado a morar na cidade mineira. Ele fundou a igreja local e a casa espírita em 1975, para atender o sofrimento de três mães que perderam seus cinco filhos entre 12 e 15 anos de acidente de carro na rodovia, criada pelo próprio médico. Ele foi deputado federal na época em que viveu.


terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Consulta com o Oncologista e Expoflora de 2014

Bortezomibe é o nome, Velcade é apelido do remédio,
veneno para os nervos periféricos, mas mata as células cancerosas.

A noite que amanheceu  16 de dezembro, passei-a acordada editando o discurso de Marx Unicamp. E acabou o meu reservatório de energias. Nem me lembrava que dia 16 de dezembro teria quimioterapia. Semana passada também havia me esquecido. Se minha filha não me acompanha nessa empreitada teria perdido dois dias de tratamento. Dr Biscoito de Nata, meu lindo e querido oncologista me explicou que eu tomo 2,6 mg de bortezomibe. Estava olhando na internet este medicamenti custa entre 2 a 4 mil reais, uma única dose. O laboratório coloca no frasco 3,5 mg(ou ml não sei). Então precisa ter sempre um grupinho de pelo menos duas pessoas para não jogar no lixo o restante do frasco. Os laboratórios praticam essa malandragem para ganhar mais dinheiro, pode? A indústria farmacêutica está entre os grupos financeiros mais trash que existem. Primeiro na minha opinião estão os banqueiros, as companhias telefônicas, os usineiros, os grupos farmacêuticos, me esqueço de algum agora antes de comentar que o pior grupo mesmo são os governos do mundo inteiro. Cada vez mais estou com muito medo do governo brasileiro.

Quando cheguei no ambulatório de quimioterapia estava com dor de cabeça.Eu teria a consulta apenas dia 23 de dezembro. Pedi um remédio para a dor de cabeça e negociava a antecipação do meu retorno, porque meu marido viaja alguns dias antes do natal para Minas e eu gostaria de não ficar para trás, pois sendo minha consulta dia 23 de dezembro, corria o risco de acabar passando o natal sozinha em casa como já aconteceu em outras datas, por conta da químio. Numa destas vezes tomei alguns comprimidos de calmante e dormi desmaiada preocupando minha família quando chegou e não me encontrou bem acordada como sempre foi. Depois disso fiquei com medo até de remédio para dores de cabeça. Hoje ficou receitado tramau com dipirona, mas até o momento da químio a dor de cabeça sumiu. Melhor assim. Apenas agora à meia noite depois de ter acordado, pois fui dormir bem cedo hoje, às 8 hs. E minha filha comentou, agora você passará a noite acordada. Não quero, preciso descansar. O Dr não gostou nada do resultado dos meus exames. A taxa do hormônio da tireóide está muito alta, o que explica a minha preguiça, o meu desligamento, estar avoada, etc. Imagina se não estivesse, rsrsrs. A vitamina D está baixa. Isso provoca enfraquecimento dos ossos, passou-me mas uma receita de remédios. E agora esqueci-me, mas tem mais coisa errada no meio do caminho tinha uma pedra...Dá-lhe Drummond. Acho que deveriam receitar mais poesias para os pacientes, filmes bonitos, boas companhias, teatro. O dia em que o mundo for mais humanizado, os doentes e velhos serão mais bem cuidados. Quanto exposição de arte, companhias de danças e teatros se apresentam, feiras de ciências, e eu fico só na saudade. Meu marido nunca priorizou esse tipo de beleza na vida. E eu tenho saudades de algo que apreciei muito pouco. Nunca soube negociar meus interesses. E no momento estou muito focada em deixar minha casa organizada, terminada na decoração e manutenção, pois desde 1992 quando nela entrei para habitar, nunca havia sido feito nada para conservá-la. Em outubro do ano passado quando iniciei pintado o quarto de empregada para acolher minha filha de volta para casa, não parei mais. E ela foi para quase duzentos mil, fora os desperdícios com gente de má fé e aproveitadora.E agora no Natal estou tentada a não viajar para pintar as paredes. Fui na Expo Flora e voltei cheia de idéias. Escolhi uma linda cor, cinza urbano para o muro de minha casa, e agora revendo as fotos é que percebi que informação tirei-a de meu inconsciente, da minha visita à exposição. 

Expoflora de 2014

Expoflora de 2014


Expoflora de 2014

Escolhi um cinza mais claro, e como meu muro é mais baixo, vou fazer tirinhas brancas. Minha filha não concordou com as notas musicais. Por enquanto deixo só as tirinhas, e depois encontro um artista e faço o que quero. Na minha casa é assim. Aos poucos vou concluindo meus desejos.
Hoje pelo cansaço deixei de pagar o agendamento com a Magazine Luiza, o convênio MERECA de meus filhos (tem desconto para cooperado) e mais alguma coisa.
Amanhã meu marido me passará o discurso dele da Câmara e vou colocá-lo aqui. 
Acho que deixarei agora meu Saite da Vida tentar dormir até as 7:30 hs.
Hoje consegui unir um pouco de arte, beleza, poesia e realidade da vida na minha revista, apesar da falta de energia e das químicas necessárias para boa qualidade de vida. O cérebro e a alma superam qualquer deficiência física. Mas preciso recompor as energias para não esquecer de pagar as contas amanhã. E a primeira coisa é ir ao médico que cuida da tireoide.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

A miséria do mundo é feminina, porque?


Mulheres são punidas pela maternidade


Há o preconceito de gênero que se diz que as mulheres por serem meigas são mais propensas a serem cuidadoras. E que os homens têm perfis mais empreendedores e agressivos, sendo mais habilitados para cargos de maior competitividade e mais altos salários.
Isso caracteriza-se como preconceito dos ideais gênero, porque tem muitas mulheres muito competitivas e audaciosas e homens com características mais cuidadoras, pegando de exemplo os pediatras e geriatras.
As crianças desde a infância são orientadas para adotarem determinados comportamentos que as levam a fazer escolhas menos competitivas. 
Colocam-se a questão das multitarefas como uma barreira significativa para que as mulheres compitam de igual para igual aos homens.
A responsabilidade da casa ficaria por conta das mulheres. Como nossa economia é voltada para comodities, eu compito com mais um preço, então não quero incorporar nenhum custo extra decorrente da necessidade de substituir uma mulher por outra trabalhadora já bem treinada, por estar em casa por conta da maternidade. 
Alguém pode perguntar: Porque a mulher não adia a maternidade dos 20 para os 40 anos? Ser mãe aos 40 pode ser risco para a mãe e bebê. Então nas entrevistas vemos é que embora as mulheres sejam até mais estudadas que os homens, acabam escolhendo profissões que lhes dá mais flexibilidade e maior capacidade de conciliar a vida pessoal e vida profissional, o que a deixa para trás do mercado de trabalho. As mulheres preferem para sua carreira no caso da gerência média, porque da gerência média para cima, a briga se dá pelos cargos que conferem maior poder, e isso se dá com sacrifício da vida pessoal e profissional.
O salário das mulheres sempre está abaixo do salário dos homens em todo o mundo.
Nas classes mais baixas temos o problema da exclusão, incluindo principalmente as mulheres negras.
A miséria crônica está  80 % entre as mulheres com crianças até dez anos e 88% entre as mulheres negras. A miséria do mundo é feminina.
Se não conseguirmos incluir esses grupos no trabalho e na sociedade, não há como combater a miséria crônica e a fragilidade da infância.

Carmen Migueles, Coord. de sustentabilidade da FGV.
Dados apoiados na OIT, Organização Internacional do Trabalho.
Entrevista na Globo News

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Feliz Natal Irmãos!


Um Feliz Natal a todos os meus irmãos do Planeta Terra. As bençãos de Jesus se espalhem por todo orbe terrestre. Que possamos viver em harmonia, que as guerras diminuam, que as crianças possam brincar nas calçadas sem receberem balas perdidas, que nossos jovens possam escolher outros caminhos que não seja morrerem nos exércitos porque o mundo teria se redimido para a Paz. Que as pessoas acordem em meio à noite,Feliz Natal irmãos plenas de alegria e de Deus por terem visitado as várias moradas do Pai. Que caminhemos entre jardins floridos para que nossos sentidos possam curar o nosso corpo físico minado pelas somatizações. Que o Arco Íris penetre todas as nossas células nos trazendo luz interna. Que as mulheres sejam respeitadas em qualquer canto do planeta, principalmente as universitárias e esposas agredidas por seus pares. Que todas as famílias tenham um ambiente de harmonia longe de qualquer substância prejudicial ao bom senso e discernimento. 
Um brinde com o Vinho divino e que nos embriaguemos do Amor de Jesus!
Um abraço carinhoso em você de qualquer cantinho da terra.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Chicungunya já chegou em Campinas

Se não acabarmos com o AEDES AEGYPTI, o AEDES AEGYPTi acabará conosco.


Ontem voltei à sessão de químio e como estava com enjôos leve mas, incomodando um pouco, pedi um medicamento para o mal estar. As meninas estavam com o chapéu do Papai Noel, e o ambulatório muito enfeitado para a as festividades natalinas. Um coral cantava no local com músicas animadas deixando todo mundo feliz. O convênio com certeza é muito melhor que seu pobre nome MERECA, não sei onde estava a cabeça dos fundadores quando escolheram tal nome. Isso faz quarenta anos. 
Conversei um pouco com elas, mostrando  a reportagem sobre a Chucungunya e elas me informaram, pelas entradas de tratamento que acompanham no convênio, que esta febre já chegou a Campinas. Citou o parentesco das pessoas doentes. 
Emprestei a revista ÉPOCA que levei de casa para que lessem a reportagem completa sobre essa doença, a Dengue a prima da nova febre. A revista chama a atenção para a propagação dessa doença e a presença entre nós brasileiros, em quase todos os estados. Apenas ainda não chegou ao conhecimento da imprensa local. 
A revista abre o sinal vermelho para o Brasil, enquanto todo mundo se pela de medo da epidemia EBOLA que acontece na África e ainda não entrou no Brasil, a Chicungunya já está incapacitando muita gente em todos os estados. Em Feira de Santana uma família de oito pessoas adoeceram de uma só vez. Os vizinhos tiveram que chamar o médico porque nenhum dos familiares infectados conseguiam sequer andar , se movimentar para pedir socorro. 

A Chicungunya é uma doença muito mais incapacitante que a Dengue. Ela provoca dores terrívieis nas articulações, que precisam ser tratadas com analgésicos fortes e antiinflamatórios. Leva de seis meses a um ano para ser curada, com o agravante de sobrar sequelas nas articulações.
OBS: A REVISTA ÉPOCA não noticiou a doença Chicugunya em Campinas, essa informação foi adquirida na recepção do convênio.
Se a Saúde Regional de Campinas não acabar com o mosquito da Dengue, o Mosquito AEDES EGYPTI acabará conosco.

sábado, 29 de novembro de 2014

Bhuda Khe Rhi - Campinas



O Gabriel nos serviu café, água e cerveja. Saímos de lá mais que presenteados. As pessoas que trabalham neste local seguem o critério da ética. No início de novembro comprei algumas peças para toda a minha família, marido, filhos e filhas. Todos adoraram a Marca. O Gabriel nos atendeu muito bem. É um amor de pessoa. Inteligente e humano. Meu filho saiu muito satisfeito da loja. As moças são uns amores também. Essa loja tem o diferencial de ser conectada com a filosofia budista, preservando o meio ambiente e a conduta ética.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Globo News - Poema em Pauta

Poema em Pauta
Jorge Pontual

Fernando Pessoa


Chove?
Nenhuma chuva cai...
Então onde é que eu sinto um dia
em que ruído da chuva atrai a minha inútil agonia.
Onde é que chove que eu não ouço?
Onde é triste, Oh Pai do céu?
Eu quero sorrir-te e não posso.
Oh céu azul, chamar-te meu,
o escuro ruído da chuva é constante no meu pensamento.
Meu ser é a invisível curva traçada pelo som do vento,
E eis que a ante o sol e a luz azul do dia,
Como se a hora me estorvasse,
Eu sobro e a  luz e sua alegria caia a meus pés como um disfarce.
Ah, na minha alma sempre chove,
Está sempre escuro dentro de mim.
Escuto, alguém em mim ouve a chuva, uma voz
Como é que eu serei da tua cor,
O teu clássico e azul encanto,
Oh claro dia exterior,
Oh céu mais útil para meu pranto. 

Eu me divirto muito com esse grupo de jornalistas, me emociono com o Jorge, me encanto a as meninas...Acho que sou uma delas por acaso...

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

IPODI mudar de Operadora? IVIVO pesando nisso.

Estou uma Arara


Fiquei longe do facebook, não porque quis, são as fatalidades da tecnologia. ITIM, sem estar gripada, fiquei interrompida pelas configurações, Modo Avião sumiu, não só na Tailândia, mas por aqui também. Apertei o cinto e fiquei de fora, fui e comprei um IPadi, mas fiquei sem saber se Ipodi mudar de operadora. IPedi muita sabedoria, mas IClaro, não vem nenhuma. Então resolvi dar um IOi pra todo mundo. Igente, que chatice ficar de fora do mundo, num quarto , numa casa no carnaval sem filho, marido, empregada, sem carro porque emprestei o meu. Nem ela veio trabalhar, nem nos dias normais, IPOdi isso? Tinha médico na segunda feira, de manhã tratamento, as 6 horas consulta com um BISCOITO DE NATA, que é meu oncologista. Falta de organização da recepção, e desligamento meu. Fui pega de surpresa na quinta pela telefonista, e distraidamente concordei com os dois horários. Só na consulta, o Dr comentou que poderia ter remarcado a consulta para a quarta pós carnaval, informação que a recepcionista repassou apenas 18 de março. Aí não dava. Fiz o que tinha que ser feito, então escrevia no word. Mas fiquei com saudade de todos. Parecia que estava fazendo transplante de Medula. Sozinha. Mas felizmente, nesse tempo, me deram uma tarefa de entrevistar uma família, filmá-la, editar um vídeo e passei muitas horas neste desempenho, que acho publicarão no you tube do Da Vinci. Também estou programando um pequeno documentário sobre o Coral Santa Cecília, se Deus quiser, com os principais representantes dele. Tenho feito progressos, criado idéias, descoberto talentos, e agregado pessoas para me ajudarem nestes emprendimentos. Hoje voltei da rua com idéias novas, sugeridas por moças que eram meninas quando tinha 24 anos. Projeto novo. Mãos à obra.


IVIVO pensando em mudar de operadora. ITIM, tenho que sair me deu um acesso de tosse.


Neste momento aguardo uma família para irmos ao Centro Espírita.
(Postagem antiga, início do ano de 2013)

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Batuque da Chuva

Batuque da Chuva
Apaga a Fogueira,
A água desce pela guela,
Queima a garganta,
Água e fogo dançam e cantam,
em dueto afinado.


Pingos fortes e grossos caem sobre o telhado, mas o som vem das calhas de alumínio. Saio lá fora e tiro algumas fotos para registrar o evento. É interessante por que no momento visualizava a fogueira da inquisição queimando livros, me queimando, pura fantasia de gente louca. É que sou um tantinho exagerada quando busco as origens de meus medos  em decorrência das postagens que faço. Quero escrever falando o que estou pensando, antecipando alguma punição que possa receber. Desde sempre tenho o costume de escrever e esconder os textos da minha família; eles gostam muitas vezes, até me elogiam, mas tem coisas que digo e são críticas endereçadas a eles também. Toda família tem hábitos que não são adequados para a saúde física e saúde da alma. Digo alto e em bom tom, isso trará prejuízo para você e para todos nós. Mas não adianta, e a água desce, contaminando as entranhas físicas. Antes fosse esse aguaceiro que vejo caindo, logo parando, parecendo que a natureza está sorvendo um gole, descendo guela abaixo. Mas não queima como o elemento fogo vai torrando a carne que vejo nas figuras, e nem transformando em cinzas, os livros que também vejo sendo queimados. Não sou Joana D’Arc a Santa salvadora da França, nem salvadora de mim mesma, nem dos meus familiares, longe de tanta pretensão. 
Só tento transformar em imagens meus sentimentos mais profundos. A água e o fogo podem dançar na linguagem, fazer duetos afinados, batucadas pois é o que ouço de onde estou centrada. Está lindo, em vez de fotos se tivesse filmado teria alcançado melhor resultado.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

A Caridade é o Amor em Ação



Uma das músicas que me comove é a música do Padre Zezinho, a que escolhi para  fundo do DVD
 "A caridade é amor em ação".
Nós fomos em um almoço em prol da construção do salão das Vicentinas. Nesta "Ação Entre Amigos", que são encontros com fins lucrativos para promover algum grupo da cidade, encontrei pessoas muito queridas, as próprias Vicentinas, o presidente do Lyons, a presidente do CEIVI, e outras tantas.
Também esta linda frase, não sei se do André Luiz ou Madre Tereza era o tema do almoço.
Gosto desta esfera amorosa, que contrasta tanto com o mundo individualista em que vivo. 

Lenalidomida é vítima de corrupção.

Nosso país é Corruputinho Diuminha?

Buá, buá, há há há...
Hoje meio dormindo, meio acordada ouvi uma reportagem sobre a corrupção de Portugal relacionado a hemofármacos. Não me lembro o nome da empresa que pratica a infâmia, mas lembrei-me que hoje estou sendo vítima da mesma. Estou saindo para a quimioterapia,  no ambulatório do convênio MERECA (Medicina Regional de Campinas). O Bortezomibe, o fármaco que tenho usado por quase três anos já não está fazendo mais efeito. O meu oncologista ainda insiste nele por ser a única opção do momento. O Mielloma exige substituição de remédios periodicamente; por ser uma doença crônica o remédio passa a não fazer mais tanto efeito. Assim, a primeira vez que fiz químio fiquei por mais de cinco anos sem tratamento contínuo, apenas tomando a Talidomida todos os dias. Voltei para a químio em dezembro de (2011), depois de seis meses já tive alta. O câncer reincidiu, e em dezembro (2013)reiniciei o tratamento, completando em dezembro de 2014 um ano de tratamento pela 3° vez. E tudo indica que estou longe da alta. Seria hora de entrar com o medicamento de nome LENALIDOMIDA? Não sei o nome do país fabricante. O governo da Argentina, país mais pobre (será) já oferece nas redes públicas. O meu convênio supostamente paga ao cooperado, segundo as más línguas via judicial, custa 10 mil reais por mês.Nem mesmo sei se este é aplicação oral e diária, ou apenas uma vez ao mês.
O nosso justo governo ainda não deu conta de oferecer ao nosso cidadão porque tem que molhar a mão do político que o autoriza, e a propina que se cobra é altíssima, e o laboratório que oferece o remédio não tem tanto dinheiro. 
Às vezes ouço notícias na televisão, isso desde que reiniciei o tratamento pela segunda vez: Este ano (2012,2013) até o mês de Dezembro a Anvisa irá regulamentar o uso da Lenalidomida. E nada. 
Recentemente ouvi essa história escabrosa da nossa corrupção sobre as propinas para os laboratórios, senão não!
.......................................................................................
 Acabo de buscar alguma informação sobre este medicamento e encontrei várias, mas seleciono essa nota para ler melhor depois, buscando saídas para meu caso.
Estou saindo para Campinas, para o ambulatório.

http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/cssf/audiencias-publicas/audiencia-2013/audiencia-15.08/apresentacao-1

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Afundamos nós, nesta Plataforma Brasil



Penso que os políticos são meninos babacas e imaturos, brincando com coisa séria. Brincando com o próprio destino, cuja desgraça recairá para eles mesmos em primeiro lugar. Nesse país grande e babaca, essa é muito boa e atual.  O afundamento da plataforma Petrobrás significa o afundamento da plataformaBrasil, afundo eu, afunda você , afundamos todos nós, amém.

sábado, 22 de novembro de 2014

Recebendo os filhos na madrugada.

Já dois dias sem ver Globo News não dá.

Preciso arrumar uma ajudante diarista em casa. Acho que tem sobrado muito serviço pra mim. Muita roupa para lavar. Somos em seis, eu lavo, estendo no varal, depois recolho dobro e guardo. Limpo as urgências dos doguinhos pela casa o dia inteiro, são idosos, pelo menos Zelinha. Sobra pouco tempo para a Globo News. Connie acaba de chegar em casa (1,59hs). Por isso estou aqui, mas ainda não havia dormido. 
Antes só via os programas, filmava no celular as notícias, mas não fazia nada com elas. Agora teria que editá-las. Se não houver este acompanhamento das notícias fica difícil continuar com o blog. Sem leitura dignificante e sem oração, eu fico muito pobre, vazia de conteúdo.

Comentários com Da Vinci


Da Vinci e Connie saíram. 
O Júnior Chólah está ligando para ele desesperado para conversar. 
Estamos todos envolvidos em torno da mesma energia pegajosa, que é a política. 
Acabei de comentar com ele sobre as estratégias de telefonema, e ele riu muito comentando aí sim, aí sim, você está pegando no contrapé. 
E a pessoa nunca diz nada, mas o que ela está querendo? 
Eu disse a mesma coisa de sempre: 
A pessoa está fazendo terrorismo para você desistir de fazer a sua chapa. - Qué isso? 
Não vou desistir nunca.
Não preciso desse dinheiro para viver. 
Vou me candidatar sim. 
Espero que ele saiba o que está fazendo.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Jorges são Matadores de Dragões


Seu Jorge é um músico, mas pode ser um amigo! Sem problemas, tudo isso é bobagem. Jorge tá bom assim. Percebi que a minha popularidade subiu sim um ponto sem margem de erros, rsrs Com certeza o valor que me agrega é o carinho e atenção, pode crer. Alguém que se preocupa ou nos apóia é um bem enorme nesse mundo maluco. Eu apesar de ser mais nova que você tenho um corpo de 80 anos, alquebrado, quebrado mesmo pelo Mielloma, câncer nos ossos. Desde 2006 venho me tratando...Os remédios deixam o corpo mais cansado, não a alma como já percebeu. Obrigada por tudo

buratto .net
A primeira vez que identifiquei o músico Seu Jorge fiquei encantada com ele. Viveu na França, é inteligente e bom músico. Viva os Jorges da Vida. E São Jorge também, o morador da lua. Aquele que mata dragões. Um bom advogado pode ser um deles. Por exemplo o Dr. Márcio Thomaz Bastos que foi o Fundador da Polícia Federal e um dos mais importantes criminalistas do Brasil. Teve a árdua tarefa de defender os criminosos. Com ele, estes sempre tiveram a oportunidade de se resgatarem do mal. Deus sempre dá novas oportunidades a seus filhos.E creio que você como todo bom advogado também anda resgatando muitos desviados do bem.

 "Se vires um filho caído no chão,
Levanta, Levanta
São todos irmãos,
(...) Oh Jorge, Oh Jorge
Vem de Aruanda
Vem salvar os nossos filhos.
São Jorge venceu a demanda".

http://mundodoscaboclos.blogspot.com.br/2014/03/pontos-de-ogum-sao-jorge.html

Instalação de Ar Condicionado

Os Eletrecistas estão assaltando as pessoas, Prestem Atenção!


Em casa foram instalados alguns aparelhos de ar condicionado. E os instaladores pegam desprevenidos os seu clientes que não têm a menor noção de preço. Chegaram a propor instalação de até 1200 reais por aparelho de 9 mil btus. Isto é estelionato. O preço básico varia ente 400 a 550 reais com todo o serviço feito. Instalação elétrica, tubo de gás de cobre, mangueirinha para saída da água. Cuidado com os eletrecistas que dizem, eu cobro 550 reais e você fecha negócio, pensando que ele fará tudo e no final você paga o valor combinado. Na instalação o próprio eletrecista pode deixar vazar o gás do equipamento, pois este sempre vem da fábrica com o ar condicionado que lhe é devido.
Quando combinar o preço discuta bem estes aspectos para não ter surpresa. O bote na maioria das vezes vem quando ele quer cobrar pela reposição de gás o valor de 200 reais, ou 180 reais, etc. Liguei para uma empresa que informou-me que quando isso acontece eles cobram 150 reais. Achei caro. E o gás não acaba durante o uso, não sendo necessário fazer a reposição a cada três meses. Não é sempre que o ar vai ficando quente. E assim mesmo, o técnico vai repor só o necessário.

Por que o gás pode acabar?

Por vazamento muitas vezes, danificação na tubulação ou velhice do aparelho.

Quando fazer a manutenção?

A cada três meses se faz a limpeza necessária para se ter um ar puro sem bactérias. Isso se faz corrigindo e prevenindo.

Sempre melhor procurar uma empresa para instalação do gás.

Muita atenção com particulares. Eles estão explorando a população e dizem na cara dura: Em uma cidade de 80 mil habitantes encontram-se no máximo 4 especialistas. 

Minha amiga comprou o ar condicionado das Lojas 100. Eles enviaram e cobraram cem reais. No último aparelho aplicou o golpe, cobrando 200 reais pelo gás. Ela não concordou em pagar este valor, ficando por 80 reais. Deu certo.

A conta que eles gostam de apresentar:

450 pela instalação; +
150 pela parte elética, +
200 pelo gás;

Totalizando 800 reais por aparelho de 9000 a 12 mil btus.

Essa conversinha mole de que um aparelho de 18 000, 22 000 mil btus sai mais caro, tudo conversa mole. Ele vai precisar de um ajudante apenas para segurar o equipamento na hora de instalar. Na minha casa o técnico fez tudo sozinho.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

O Vôo das Borboletas



Depois de mais de seis anos sem encontrar minha amiga de faculdade fui convidada para seu aniversário. Ira é uma pessoa muito especial para todos que gravitam à sua volta. É uma poetiza e sempre a chamei-a de escritora. Ela nunca se dedicou a essa arte. Talvez tenha muitos poemas mas não faz questão de concordar com isso. Prefere se dedicar ao ser humano como psicóloga. Nessa festa sofri um encantamento por ela, por seu capricho em receber seus convidados. Cada um tinha um lugar especial à mesa, com nome, flores, mandalas e tanto amor. Um de seus convidados me chamou muito a atenção e acabei me apaixonando por algumas horas. Voltei para casa inebriada com o vôo das borboletas me transformando em uma. Chegando em casa transformei essa paixão em vídeo e a música penetrava minha alma. Quanto mais ouvia, mais me apaixonava. Esse amigo também era um psicólogo grafologista. Não possa nem imaginar qual foi o sentimento que deixei nele. Nem mesmo soube seu nome porque não fui atrás de saber nem me interessou. Acho que foi paixão pela paixão. Uma semana depois já tinha passado. Depois de tantos anos de casada me apaixonei por um dia. Que máximo. O melhor foi nada ter acontecido porque tudo passou e ninguém se machucou. A Iraci nem soube disso. A música foi o tema da festa e caiu direitinho para mim. Ainda hoje me emociona ao rever este vídeo.

Uma Festa Havaiana em 1970



Éramos todos jovens entre 14 a 18 anos. A professora de balé organizou uma apresentação de Dança Havaiana, e fizemos essa apresentação na ARF. NA época não existia academias, e ensaiamos no clube mesmo. Cada um está com seu par, sua paixão de adolescência. Como todo jovem éramos românticos e sonhadores. Tímidos, ensaiávamos os primeiros passos de uma sensualidade longe da pornografia do mundo atual. Éramos pudicos, moralistas, nos preservávamos dos impulsos eróticos sem medida da atualidade, que vemos já nas meninas de sete anos. Nós queríamos ser felizes simplesmente. Eu sou a terceira da esquerda para a direita.Todos os meus amigos moravam na cidade de Frutal, e eu só passava as férias. Era mais tímida que a maioria das meninas. Dancei com o Toninho,  uma das paixões de minha adolescência. Bons tempos. Quis reproduzir neste vídeo o encantamento da época através da música e acho que consegui. Frutal (MG Triângulo Mineiro). Chamarei Frutal de Frutalândia daqui para a frente. E o Rio Grade de Eufrates.  

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Vivendo no Reino Encantado do Planalto

Eu bem que queria viver neste seu reino encantado  Diuma. O Presidente Nula passou por lá e continua na governança. Não é atoa que ele volta e meia reaparece em discursos rasgados, em defesa do Palácio, dos que vivem "No Federal" segunda você respeitável Presidenta Rainha Mãe dos brasileirinhos e brasileirinhas. Neste país cuja taxa de emprego era considerada alta, a inflação controlada, a carne macia faltante da cesta básica. Ah mamãe Diuminha, fada dos nordestinos e bruxa dos paulistanos. No Nordeste tu chega de balão mágico, no sul de vassoura mesmo. Se o Estado de São Paulo afundar, adeus cestinhas com cachaça e celulares. Tu trata muito mal aqueles que te sustentam. És uma mãe ingrata a seus filhos deste Brasil que te acolheu como filha. Teus filhos ricos, são apenas trabalhadores que dão emprego aos nossos Maranhenses e Baianos, com carteira registrada. É aqui que eles adquirem dignidade, frequentam as cidades, consomem e também pagam altos impostos nos eletrodomésticos, como os ricos e não percebem o quanto são empalhaçados por tu, mãe madrasta e trapaceira, que os quer sempre pobres e sem cultura, conhecimento e saber para abrirem os olhos grandes e te enxergarem como és, a ti e tua PeTralhada. Ah! vocês são parentes dos irmãos Metralha e do Ali Baba? De lá para cá vocês se aperfeiçoaram e estão dando conta de afundar um país se apropriando da Grande Empresa Petrolífera espoliando-a, usando seu dinheiro para promover campanhas políticas, fazendo suco no liquidificar da governabilidade e alimentado todos os seus asseclas. Tem Real correndo na veia. Tua irmã vilã a Grata Coster deveriam usar burka, para esconder tanta feiúra e vergonha quando a desfaçatez escancarar diante de seus filhos abismados. Espero mesmo que os 52 milhões que em ti votaram te vejam com olhos de realidade. 
É por isso que mais admiro a nossa padroeira do Brasil Dona Ruth Cardoso, que nada tendo recebido, trabalhou como uma Santa. Salve Rainha Mãe de Misericórdia que inventou a Bolsa Escola e continua com sua divina presença ajudando este país indolente de chefes de estados preguiçosos para o conhecimento científico surfando na ignorância administrativa. Boa Noite!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Preparando um trabalho sobre o Petrolão.

04:04 da madrugada 19/11/2014
Levantei agora de madrugada com dor de cabeça e o remédio é ficar sentada ou em pé por um tempo até que passe é o remédio. Então vim para o computador terminar a pauta sobre os gays. Agora tenho outra sobre o Petrolão , mas teria que ver os vídeos das reportagens, estudá-los mais para me inteirar sobre o assunto. Aliás sobre este assunto complexo, que envolver corrupção, economia, partidos políticos, é dificílimo. Nem mesmo minha filha acharia fácil. Ela fez um trabalho sobre redes sociais e política lindíssimo.

Porque Não Abortar o Feto Gay?


A Pauta é Genética


As pesquisas científicas em busca  dos genes e orientação sexual do ser humano continuam.
O Brasil e EUA são considerados países evoluídos, pois permitem as discussão em rede nacional sobre o assunto, enquanto na Rússia, África e Oriente médio tal discussão se tornam impossíveis, pois seria considerado incitação ao homossexualismo.
Muita gente já pensou em usar essa pesquisa do DNA gay para abortar o feto gay. Fiquei horrorizada achando abominável interromper com um processo de vida por essa razão.
O interessante disso seria poder devolver a paz aos pais que portam filhos com essa orientação sexual, deixando de se sentirem culpados; muitos  se sentem responsáveis achando que é uma  escolha dos filhos por uma educação inadequada. 
Responsabilizar a raiz genética aplacaria a ansiedade das famílias e das comunidades gays, pois a ciência traria a resposta para um comportamento considerado antinatural.
Nada de abortar o feto gay. Deixem o espírito se agasalhar num corpo gay. É uma experiência de vida que encurtaria um processo cármico de milênios. Muito mais difícil que nascer mulher, já que o espírito de um homem pode muitas vezes reencarnar como mulher para acelerar seu processo evolutivo. Se ser mulher muitas vezes é doloroso, imagine ser uma mulher no corpo de um homem?

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Vestir de Dilma e sair por aí...

Segunda feira, dia de sessão da Câmara Municipal de Condado. Na verdade o que me fez sair de casa foi o mal estar e dor de cabeça principalmente. Lá com ar fresco em meu rosto, um suco de laranja na padaria fizeram toda a diferença.
Não prestei tanta atenção aos vereadores, e Connie e eu, após o discurso de Da Vinci, saímos e aqui estamos. Hoje não fui  à baladinha pós sessão com eles, os pares afim. Mas fiquei com vontade de fantasiar-me de Dilma, usar um terninho vermelho, colocar uma peruca igual ao cabelo dela, endireitar  o ombro ao modo Presidenta, carregar uma cartolina com uma das frases pérola dela 

 “Eu sempre escuto os prefeitos. Por que 

é que eu escuto os prefeitos? Porque é lá que 

está a população do país, ninguém mora na União, 

ninguém mora… “Onde você mora?” 

“Ah, eu moro no Federal”.”


Fico devendo essa! Onde é a União?  

Pensei que União fosse o   conjunto de Estados do Brasil, 

onde vivem os prefeitos e povo.