Saite da Vida

Saite da Vida

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Exemplificando o Amor

Ontem tivemos mais uma reunião na casa do seu Plínio. Antes de ir para o
Blog dele preciso dizer que cheguei lá tendo esquecido de levar a Lima da Pérsia que apanhei no meu quintal. Eles
fazem pratos deliciosos com esta fruta. Colocam no frango com erva doce, fazem mousse, e tantas outras coisas saborosas. Os dois são cozinheiros e se afinam muito bem. Dona Carlina está com um problema no ombro esquerdo, tendo dificuldade para cozinhar, se vestir, etc. Encontrei o Seu Plínio com um ar de cansaço, mas ficou apenas na impressão, até que quando estava me despedindo dele, comentou comigo que tem lavado roupa na máquina, que sendo velha requer atenção, toda hora, mexer no botão. Tem feito o almoço todos os dias, no momento sem a participação efetiva da querida companheira. Muitos de seus filhos tem o hábito de tomar as refeições na casa do pai. Todos trabalham muito, não tendo tempo de preparar almoço. O casal após a aposentadoria se dedicou a esta tarefa: cozinhar para a família. E o fazem com muito carinho. Durante esta semana, vem um filho e pede o tradicional bolo de fubá. Algum pequeno concerto de objetos, troca de lâmpadas, etc... Comentou comigo que vai fazer oitenta anos. Dona Carlina nas reuniões dá passagem à responsável pelo grupo de estudos, a Tico. Ontem deu uma palavrinha com todos como sempre; comigo disse que meu pai está sempre a meu lado, fazendo a ponte aérea, da colônia onde se encontra, senão me engano já envolvido com a colônia que se localiza sobre Joaquim Egídio, e leva consigo alguns parentes, o vovô Augusto e algumas irmãs. Fico imensamente feliz com esta notícia, tendo em vista que passei muitos anos da minha vida me sentindo desprotegia, não sei se de Deus, mas sem laços familiares. Pensava comigo: _ Onde estão os meus que não me respondem? Quando freqüentei "O Nosso Cantinho" em Talinhos tive contato com meus avós Augusto e Batista, Irmã Floripes, de Uberaba... Entretanto, hoje em dia, a fidelidade que venho tendo a este grupo tem facilitado o rencontro com minha família desencarnada. Quem sabe já estamos programando uma futura reencarnação, da próxima vez voltados para Deus? Quando meu sobrinho comentou comigo sobre o acidente, lembrou que dia dezesseis de julho era aniversário de meu pai, seu avô. E o avô da karla fez a passagem para o outro mundo no doa dezesseis de julho. Ambos têm a certeza que foram protegidos pelos avós. E River sempre tem o avô como presença forte em sua vida. Estou colocando um pouco da reunião aqui, para dar o meu depoimento sobre a capacidade do Seu Plínio e dona Carlina em abrirem as portas de seu coração para a família e amigos. Cada vez mais o meu carinho por todos eles aumenta. O seu Plínio é o maior exemplo de retidão espírita que encontrei até hoje. Coloco espírita, mas pode ser espiritualista, porque sua religiosidade cabem em qualquer fé. Nem mesmo os políticos entram em julgamento em suas reuniões.
É importante reconhecer o valor das pessoas. Sou muito grata a Deus de tê-los colocado em minha vida. Através deles ficou mais fácil chegar ao meu interior. Falta melhorar a respiração não Regina? Um abraço a você Regina e a esta querida família. Ontem comentei de você com a Tico, e ela disse que você está muito interessada em conhecer o trabalho deste grupo. Saiba que quando vier por aqui, as nossas casas estão abertas para você. Disponha-se.
Quando souberem de você, irão buscá-la para dar palestras, tenho certeza. Sorte de quem encontrá-la pelo caminho!Tenho o email da presidente do Batuíra, vou enviar a ela o link de Ética Espírita.
Fique com Deus!
Prece de Cáritas

3 comentários:

António Serrano disse...

A doçura com que fala das Pessoas faz-nos acreditar numa vida com esperança, em que sejamos irmãos de verdade.
Obrigado.

Lúcia Soares disse...

Oi, Maria Helena. Lindo texto, emocionei-me com seus velhos amigos, que ainda cuidam da casa, quando poderiam estar querendo cuidados.
D. Carlina precisa olhar essa dor no ombro, pode se uma bursite, que só complica com o tempo. Fala pra ela procurar um ortopedista.
Tomara que se recupere logo.
Beijo e bom domingo!

Experiencias de uma vida disse...

OI Maria Helena
Muita paz
Gratificante se ouvir palavras como as tuas
Obrigada me trouseram brisas suaves
como esperanças de um mundo melhor
Alcione

Postar um comentário